A Artrite consiste na inflamação das articulações. A inflamação é descrita com os seguintes sintomas: dor, rubor, inchaço e em alguns casos rigidez e em casos avançados deformação. Não foram encontrados estudos recentes que indiquem o número de pessoas que sofrem de Artrite, porém, em 2017 foram estimados pela ANDAR (Associação Nacional dos Doentes com Artrite Reumatóide) que cerca de 40 mil portugueses foram diagnosticados com Artrite Reumatóide.

 

A Artrite é um termo genérico das inúmeras variações que dela existem. Uma das mais conhecidas é a Artrite Reumatóide. Contudo, existem também a Artrite Psoriática, a Artrite reactiva, Gota, Espondilite Anquilosante, Fibromialgia, entre tantas outras. São consideradas, patologias incapacitantes e que afectam maioritariamente mulheres, ainda que os homens também possam ser afectados pelas mesmas.

 

Ainda não se conhece propriamente a razão pela qual surge esta patologia. Neste sentido, é extremamente importante efectuar um tratamento preventivo, correções no estilo de vida e alimentação adequada.

 

Uma das características mundialmente reconhecidas da Medicina Chinesa é a sua capacidade de prevenção face à doença. As suas ferramentas de intervenção são: a Acupuntura, a Fitoterapia, a massagem Tui Na, a Moxabustão, a Ventosaterapia, a dietética e o QiGong. São utilizadas de uma forma multidisciplinar ou per se. A abordagem holística desta medicina milenar ajuda a que o paciente seja encarado como um todo e não somente como um sintoma, dado que, inerente à artrite podem existir outros sintomas associados.

 

A alimentação é uma das áreas que mais interesse desperta no paciente, dado que, numa base diária, esta é responsabilidade sua, assim como a prática de exercício. Após o diagnóstico, a alimentação é ajustada caso a caso. No entanto, existem alimentos que são considerados anti-inflamatórios naturais e podem ser prescritos para quase todos os pacientes. Portanto, se sofre de artrite e está farto de só tomar medicamentos químicos e se se questiona se haverá mais alguma coisa que possa fazer, fique com algumas dicas:

 

Alguns exemplos de Comportamentos, Alimentos e Bebidas que deve evitar:

  •      Se fuma, deixe de fumar agora!
  •      Lute contra o sedentarismo
  •      Carne (de uma forma geral, mas essencialmente, a vermelha)
  •      Café
  •      Bebidas Alcoólicas
  •      Alimentos enlatados
  •      Tomate
  •      Farinhas e açúcares processados (pão branco, esparguete, arroz, bolachas produzidas industrialmente)
  •      Alimentos Fritos
  •      Lacticínios

 

Alguns exemplos de Comportamentos, Alimentos e Bebidas que pode e deve consumir:

 

  •      Exercite-se; Dê passeios
  •      Agasalhe-se bem com o frio
  •      Beba Água à temperatura natural (1,5L/dia)
  •      Fruta da época – Inverno: laranja, dióspiro, limões
  •      Feijão Mung, Feijão Azuki ou Lentilhas
  •      Alga Kombu
  •      Spirulina
  •      Gengibre
  •      Curcuma
  •      Cebolinho (apenas quando os sintomas agravam durante o inverno)
  •      Vegetais de folha verde
  •      Se consumir peixe: cavala, truta
  •      Nozes (em pouca quantidade)
  •      Óleo de Sésamo (moderadamente)

 

Estes são apenas alguns exemplos de alimentos que pode adicionar à sua alimentação. Independentemente do tipo de alimentação que pratique – mediterrânica, paleo, vegetariana, vegan, macrobiótica, etc, – coma moderadamente e sem excessos.

Cada caso é um caso e os sintomas podem agravar e/ou melhorar por diferentes razões, por isso, é sempre importante consultar um profissional.

Conhece alguém com artrite? Se acha que este artigo o pode ajudar p.f. partilhe.

 

Artigo escrito por Rita Regalo (Clínicas Helder Flor)